Paróquia de S. Cristóvão do Muro

Vigararia Trofa/Vila do Conde
Diocese do Porto - Portugal

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA PARA O MÊS DE SETEMBRO





INTENÇÃO UNIVERSAL:
Os jovens de África
 
   
Intenção de oração Universal:
Para que os jovens do continente africano tenham acesso à educação e ao trabalho no próprio país.


O Papa Francisco pediu, na última edição de O Vídeo do Papa, que os jovens africanos possam ter acesso a uma educação e a um trabalho de qualidade sem a necessidade de emigrar.
No vídeo, também assegurou que a verdadeira riqueza do continente são os jovens.

Rezemos para que que os jovens do continente africano tenham acesso à educação e ao trabalho em seu próprio país”, afirma o Papa.
Eles devem ser capazes de escolher entre serem vencidos pela dificuldade ou transformar a dificuldade em uma oportunidade”, acrescentou.

Segundo estatísticas da Organização Internacional do Trabalho do ano 2017, 12,9% dos jovens africanos que têm entre 15 e 24 anos na África Subsaariana estão desempregados.
Enquanto que o número sobe para 28,8% para a mesma população nos países do Norte da África.
Por sua parte, a UNESCO estima que em 2017 quase 60% dos jovens africanos entre 15 e 17 anos de idade não frequentam a escola.

Se um jovem não tem oportunidade de educar-se, o que poderá fazer no futuro”, pergunta o Papa.


ORAÇÃO

Pai bom,
que criaste os teus filhos e filhas numa grande diversidade de povos, raças, culturas, eu Te agradeço neste mês a riqueza da juventude africana.
Peço-Te por todos estes jovens,
tantos deles a viver em ambientes de guerra, insegurança, precárias condições de vida e saúde.
Ilumina com o teu Espírito
os que têm a responsabilidade de decisão sobre políticas de ensino e emprego em África, para que possam assegurar um futuro digno aos jovens deste grande continente.

Pai Nosso...


DESAFIOS PARA O MÊS

  • Procurar neste mês ter algum contacto com comunidades migrantes africanas e os seus jovens, para conhecer as suas realidades de origem, os sonhos, as dificuldades e mostrar a nossa solidariedade.
  • Conhecer e contribuir financeiramente para projetos de desenvolvimento ao nível do ensino e da empregabilidade em África.
  • Organizar na própria comunidade um tempo de oração ou de formação em que se trate o tema das situações que levam tantos jovens africanos a migrar de forma forçada para fora dos seus países.


REFLEXÃO

África é um extraordinário continente, muito diverso nas suas culturas, na riqueza das suas tradições, na beleza das suas paisagens, na abundância dos seus recursos naturais.
A sua história, porém, ao longo dos séculos, foi marcada por dramáticas situações de exploração, de interferências exteriores que foram descaracterizando as culturas e os ambientes naturais dos seus povos.

É certo que o encontro entre várias culturas é muito enriquecedor, pelo contributo mútuo que se pode oferecer.
No caso de África, este encontro também contribuiu para o desenvolvimento de muitas realidades.
Mas a verdade é que encontramos neste grande continente muitas fragilidades, guerras, exploração dos recursos naturais, desigualdades sociais gritantes, questões muito sérias ao nível da saúde, da alimentação, do desenvolvimento de infra-estruturas adequadas ao bem-estar de uma população.

Sendo África o continente mais jovem do mundo, estas situações colocam grandes questões ao futuro das novas gerações, nas suas oportunidades de ensino e emprego.
África merece o melhor dos seus habitantes, em particular dos seus jovens e, para que isso aconteça, torna-se necessário que tenham todas as condições para contribuir para o desenvolvimento, a paz, a estabilidade dos seus países, sem terem necessidade de emigrar para encontrar um futuro melhor, com as trágicas consequências a que temos assistido, com migrações forçadas pela guerra ou pela busca de melhores condições de vida.

Neste sentido, é urgente o apelo que o Papa Francisco faz a todos os cristãos: a oração e a acção para que os jovens africanos tenham acesso à educação e ao trabalho no próprio país.

É dos jovens que depende o futuro das sociedades. No caso de África, com o entusiasmo e a alegria tão característicos dos seus jovens, esta intenção ganha um relevo ainda maior.



O VÍDEO DO PAPA – Os jovens da África


A África é um continente com um potencial enorme.
Seus jovens representam seu futuro.
Um futuro que, sendo acompanhado pela educação e pelas oportunidades de emprego, é esplêndido.
Papa Francisco - Setembro 2018


A África é um continente rico, e a maior riqueza, a mais valiosa da África, são os jovens.

Eles devem poder escolher entre deixar-se vencer pela dificuldade ou transformar a dificuldade em oportunidade.

O caminho mais eficaz para ajudá-los nesta escolha é investir em sua educação.

Se um jovem não tem oportunidade de educar-se, o que poderá fazer no futuro?

Rezemos para que os jovens do continente africano tenham acesso à educação e ao trabalho em seu próprio país”.




Fontes: Apostolado da Oração; Rede Mundial de Oração do Papa

Sem comentários:

Enviar um comentário